Movies go South

Faro vai ser palco do Festival dos Cinemas do Mediterrâneo, que arranca em Setembro com a edição zero. Parece que finalmente se começa a delinear o programa invocativo de “Faro Capital da Cultura 2005”.

Esta primeira edição vai contemplar uma homenagem ao realizador argelino Merkaz Allouache, bem como uma viagem pela cinematografia do seu país de origem numa retrospectiva de doze películas. O programa inclui ainda secções dedicadas a longas-metragens, curtas, documentários, telefilmes e animação, totalizando sessenta exibições, catorze das quais na secção oficial.Em oito dias de festival vai ser igualmente possível visitar as extensões a outras cidades algarvias na forma de exposições, mesas redondas, espectáculos e ainda sessões matinais itinerantes dedicadas aos mais novos.

Com um orçamento de 205 mil Euros, o Festival dos Cinemas do Mediterrâneo vem juntar-se à já alargada lista de eventos no género que se realizam ao longo do ano de norte a sul do país. Insere-se aqui alguma dose de curiosidade quanto à manutenção em formato idêntico ou eventual crescimento do festival já fora do contexto do programa “Capital da Cultura”. A antecipação para a época alta balnear poderia contribuir para o alargamento de potenciais públicos, como sucede na Mostra de Cinema Europeu de Tavira, que recebe visitas repetidas de turistas, nacionais e estrangeiros. Fica por enquanto o apelo dos organizadores do festival, que para o efeito criaram até um novo verbo para a próxima edição do Dicionário da Academia das Ciências: “Vem mediterrar!”

Advertisements

Are you anti-monologue?

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s