Jacques

Tati, o esteta. As evidências transpiram na composição da imagem, nos sons que brincam entre si e com a nossa percepção, no colorido das suas narrativas tecidas de metáforas.

Tati, o francês. Na nostalgia da vida da rua e dos cafés que são point de rendez-vouz. E por contraponto, numa França modernizada, em antevisão crítica e irónica, mas não totalmente despojada de fascínio; apenas avessa à descaracterização artificial potenciada pelos novos impulsos modernizadores.

Tati, também inglês. Na ‘farda de combate’ de Hulot e no estilo humorístico que destila nas suas sequências ininterruptas de nonsense, bizarro e observação acutilante da natureza e do modo de estar humanos.

Tati, fazedor de caricaturas. Tati, pintor de caracteres humanos. Tati, reprodutor da vida, da essência e da forma – não necessariamente por esta ordem.

Um acumular de palavras para um realizador que não as deixava abundar nos seus filmes. Ausência essa não motivada pela escassez de ideias, mas antes talvez pela reprodução de um cómico de situação que aproxima as suas cenas – excepto no clímax do bizarro e no modo poético – à comédia das nossas vidas (por vezes tão pouco) banais.

Desfilam arquétipos que representam pessoas que conhecemos por cenários que nos são familiares, que se comportam em modos que sabemos de cor. Mas também desponta a originalidade na conjugação destes elementos, apoiada na sua capacidade surpreendente de sintetizar o ridículo humano numa alegoria em tons poéticos e quase enternecedora. Por isso gostava de lhe enviar um abraço. As palavras, já as gastei à força de elogios incontidos.

PS: Mon Oncle em reposição no Nimas, em Lisboa.

Advertisements

2 thoughts on “Jacques

  1. “Inglês” – porque o tipo de humor que Tati representa, gestual, de caricatura da natureza humana na sua inadequação à sociedade, etc., etc. é um tipo de humor que se afirmou sobretudo em Inglaterra. Rowan Atkinson admite a sua fonte inspiracional em Tati, mas muita outra Britcom tem muito mais a ver com Tati (e vice-versa) do que o tipo de humor que está patente nos filmes franceses em geral.E uma opinião – que não é apenas minha – é a de que Hulot tem mais ar de inglês, na pose, na roupa, na atitute, do que de francês. E até me atrevo a dispensar Roland Barthes nesta análise puramente de senso comum.Algumas definições para ‘nonsense’ no The Free Dictionary: “Words or signs having no intelligible meaning: a message that was nonsense until decoded. Subject matter, behavior, or language that is foolish or absurd. Extravagant foolishness or frivolity.”Ora os comportamentos de Hulot oscilam algures entre a infantilidade (que motiva a aproximação ao seu sobrinho em Mon Oncle), e uma série de atitudes em que se desajusta face ao contexto. Não o faz de um modo consciente e reinvindicativo (pelo menos na cabeça de Hulot, a de Tati será de outra ordem, certamente) de uma qualquer posição, mas por inadequação ingénua.A análise que faço do comportamento desta personagem enquadra-se nas definições de ‘nonsense’ que transferi acima – to keep it short (too late).Relativamente a Tati, concordo, é subtil e sensível. Tanto que apenas uma observação repetitiva dos seus filmes poderá permitir encontrar todos os Wallys, sobretudo pela força sinestésica dos elementos que ele aí compõe.Hulot, por outro lado, não é subtil. Choca com tudo, choca os adultos com o seu comportamento, enquanto nos delicia, até porque somos insuficientemente ingénuos para agirmos assim.Sequências ininterrutpas de ? e !.. essas é que não são nada subtis.

  2. “Tati, também inglês. Na ‘farda de combate’ de Hulot e no estilo humorístico que destila nas suas sequências ininterruptas de nonsense”também inglês(??!!!??!!) sequências ininterruptas de nonsense(?!?!?!!?!?!)parece me que alguém não percebeu muito bem o estilo humoristico sensível e subtil de jacques tati.Recomendo um segundo visionamento do Mon Oncle e dos restantes filmes de Tati.P.s. Com o resto até concordo…

Are you anti-monologue?

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s