Afinando metáforas

Sentada na cama, olho para a estante e reparo no título do meu livro de filosofia do 11.º ano: A Chave do Saber. Diria antes A Fechadura do Saber, já que através da filosofia podemos espreitar para o mundo das ideias e entreter-nos a experimentar diversas chaves que são as diversas visões da realidade e as diversas respostas às questões essenciais da vida. A fechadura e não a chave, porque a filosofia não é uma solução, é o colocar do problema. A fechadura ainda, porque, por vezes, mergulhar nos diversos posicionamentos filosóficos contraditórios para uma mesma questão, é mais como dar uma volta extra e perceber que em vez de estarmos mais perto de abrir a porta, acabámos de a trancar.

E se os autores do livro não quiserem saber da minha opinião para nada, perguntem a Sócrates (o filósofo grego, evidentemente).

Advertisements

Are you anti-monologue?

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s